Esmalte do coração


Olá meninas!!

Vocês ficam loucas diante de tanta variedade de esmaltes que há no mundo?


Pois é. Impossível não ficar. Há quem escolha a cor pelo humor, para combinar com alguma produção específica ou simplesmente opte por aquela cor que não tem erro. E é sobre ela que eu quero falar hoje. Quem não tem o seu "esmalte do coração"? Aquele preferido que não pode faltar na sua bolsinha de manicure.

O meu, no momento, é o Maria de Fátima, da coleção Preciosas Vilãs, da Colorama. Um pretinho básico, mas com um brilho que dá todo o charme. É o meu coringa, que combina com tudo, o tempo todo. Ainda mais agora que estou com o firme propósito de deixar minhas unhas crescerem (quem nunca, né?). Por isso estou tentando fazer toda semana.

 
Como podem ver na foto, elas estão um cotoco ainda... Aliás, minhas mãos na foto ficam enormes de gorda... Cééééus!! Vamos tentar outra:


A fase dele deve passar, como tudo passa... Eu já fui fã de Mistérios do Destino, da Avon (o máximo de azul que me permiti colocar na unha); do Vermelho Ivete e do Eterno, da Colorama; a boa e velha francesinha; das florzinhas desenhas (sim, eu confesso!!)...

E aí, meninas? Qual é o esmalte do coração de vocês neste momento??

beijossss

Tudo novo - nem tão novo assim! - de novo


Minha última postagem foi em janeiro deste ano. Uma publicação super alto astral, pra frente, cheia de esperança e possibilidades de realizações. Bom, passados seis meses, o cenário é menos empolgante. Não chega a ser catastrófico. Mas algumas ilusões caíram. Os sonhos não se realizaram, perdi um trabalho bacana, a grana tá curtíssima, as contas batendo à porta, a saúde balançando, e ainda me vejo catando os caquinhos de um relacionamento...

"Vai dar tudo certo!". Ahh como eu ouvi essa expressão na minha vida. Nos momentos mais difíceis, lá estava ela presente, dita com a melhor das intenções sempre. Mas a prática me mostrou que não é bem assim. Não. Nem sempre dá tudo certo. Nem sempre a gente consegue o emprego incrível. Nem sempre aquela relação, que antes era cheia de paixão, vai pra frente. Nem sempre a pessoa que tanto amamos fica ao nosso lado.

Lembro o fatídico ano de 2014, em que investimos uma grana alta num negócio que não deu certo, e ainda hoje traz reflexos na nossa vida. Na mesma época, a situação financeira ficou tão ruim, que me vi catando moedas pra conseguir fazer uma compra... Nesse mesmo ano, depois de muitas idas e vindas de hospital, minha mãe não resistiu e veio a falecer. Acho que foi a época em que mais ouvi o "vai dar tudo certo". Não deu.

Apesar de parecer, este não é um post pessimista, juro! Eu nem sabia ao certo onde ele ia parar, simplesmente comecei a escrever e vim parar aqui. Bom, se eu sobrevivi ao ano de 2014, tenho certeza que vou sobreviver ao meu momento atual. Acho que as lições que a gente tira de fases difíceis é a vitória de sair delas mais fortalecido. Sei que vai dar tudo certo. Ops, olha eu também! rsrs

Mas, enfim. Entre os novos rumos que estou tomando, está o de voltar para o meu bom e velho Salto Dez. O foco continua o de sempre, moda, beleza, comportamento, coisas mulherzinhas, e, no meio de tudo isso, as minhas "viagens". Vou amar se quiserem me acompanhar neste (re) começo!

Beijo carinhoso

Eu posso, eu quero, eu vou conseguir



Um feliz ano novo, minhas lindas!

Essa é uma época do ano tão especial. Estão todos imbuídos do espírito de renovação, de mudanças, de melhorias... Mas de que adianta um ano novo se vamos repetir as mesmas atitudes que nos fizeram mal, que não nos deixaram caminhar rumo ao que tanto almejamos? Vamos pensar sobre isso?

Temos 366 dias nos esperando, já que este ano é bissexto. Não vamos deixar essa chama, esse desejo de mudar se perder em meio às rotinas atribuladas, ao estresse diário, aos problemas de família, ao trabalho que tanto nos toma tempo e atenção. Façam uma lista do que querem, do que sonham. Escrevam mesmo, num papelzinho, na agenda. Para que ela esteja sempre ali, à mão, te lembrando que os sonhos estão ali, prontinhos para serem transformados em realidade.

Eu fiz  a minha! Um dos itens é: cuidar mais de mim mesma. De todas as maneiras que isso é possível. Na minha lista do ano passado também estava. E comecei bem. Malhei, mudei o visual, emagreci... Mas foi chegar no meio do ano e me descuidei tudo de novo. Envolvida por problemas diversos, geralmente dos outros, relaxei. Desta vez vai ser diferente. Simplesmente porque eu não vou repetir as mesmas atitudes que me impediram.

Minha lista tem muitos outros itens. Prometo ir contando aqui aos poucos como estou conseguindo tirar tudo do papel e fazer acontecer. Vamos dividir aqui as nossas experiências? Vamos continuar falando de saltos, de make, de moda... mas não podemos esquecer que nada disso se sustenta se não existir por trás uma mulher linda, incrível, segura, realizadora, bem amada (por si própria e pelos outros), maravilhosa!

Que 2016 seja incrível de todas as maneiras. E será! Vamos fazer acontecer!

Que 2016 seja uma beleza


Colei da página Hermínia Indelicada! rsrs

Que em 2016...
Você consiga fazer suas unhas toda semana;
Que sua escova progressiva dure mais de 2 meses;
Que seu cabelo não entre em queda livre;
Que a esteticista acerte sempre a sua sobrancelha;
Que o colorista não deixe seus fios alaranjados;
Que a menstruação nunca atrase;
Que você nunca fique com batom no dente;
Que a sua base não reflita o flash;
Que sua sombra esteja sempre bem esfumada;
Que sua dermatite/rinite/foliculite nunca ataque;
Que o frete seja sempre grátis;
Que você veja o cupom antes dele perder a validade;
Que você perceba aquele pelo preto enorme antes de chegar na praia;
Que o protetor não falhe;
Que o biquíni não aperte mas também não ceda;
Que sua barriga não fique inchada por motivo algum;
Que seja fácil permanecer na dieta;
Que você largue o refrigerante;
Que sua amiga não desmarque;
Que ele responda sempre na hora;
Que ele acerte no presente;
Que você trabalhe apenas de segunda a sexta:
Que salário seja mais do que o suficiente;
Amém.

Fim de ano, tempo de desapegar



Não tem jeito. Fim de ano é a época que a gente começa a rever um monte de coisa que fez de certo e de errado no ano que vem acabando. Época de balanço geral. De aproveitar o que serve e passar adiante o que não tem mais utilidade. Há um tempo eu também venho aproveitando para desapegar. Uma maneira de dar mais leveza à vida, de tirar tantas coisas que não são mais úteis e dar espaço a outras que podem chegar. Roupas, sapatos, livros, móveis, utensílios em geral. Eu ando numa vibe meio que "passando o rodo" em tudo o que não tem mais serventia.

Sabem o que é mais incrível?

Muita, mas muita coisa que não nos serve mais é extremamente útil para quem a gente menos espera. Vou contar algo me mexeu muito comigo dia desses. Havia separado várias calcinhas e sutiãs para jogar fora. Muita coisa que nem usei, inclusive. Mas é complicado doar peças íntimas, né? Nem todo mundo aceita. enfim. Fiz uma sacola e coloquei no meu portão para que o caminhão de lixo a levasse. Mas surgiu uma catadora que eu nunca havia visto antes e descobriu a sacola.

Meninas, não dá para descrever a felicidade da mulher ao abrir o saco e ver aquelas peças. Ela chegou a se sentar na calçada e sorria a cada peça que tirava. Sim, ela mostrou para os vizinhos que estavam na rua as minha ex-peças íntimas. Mas tudo bem. E saiu muito feliz com o presente de Natal antecipado.

Confesso que fiquei tão surpresa que nem tive o espírito de chamá-la, de repente, ver se conseguia doar alguma peça de roupa. E assim ela se foi. Todo dia fico de olho pra ver se a vejo novamente, mas ela ainda não apareceu. Talvez tenha sido uma enviada que surgiu ali só pra me ensinar essa lição: muito do que não nos serve mais e, acaba ficando sem utilidade em nossa casa, pode fazer toda a diferença para outra pessoa.

Então, que tal desapegar? Fazer o bem é tão bom! Pessoas bem pertinho de você podem estar precisando. Sem falar nos vários grupos de desapego no Facebook. Então, vamos começar? Depois contem pra gente aqui como foi a experiência!

Beijo grande e uma ótima semana!